Diário de uma espécie de Mãe #17

 
 Photo by  Andrew Seaman  on  Unsplash
 

Olá, olá! Esta semana entramos na 30º semana e segundo a app que aqui tenho faltam 70 dias para este chavalo vir ao mundo. Medo! Muito medo por aqui! Gosto muito dele cá dentro, apesar da porrada constante que me dá todos os dias, mas aqui ainda mando eu, e não tenho que lidar com um bebé a sério cá fora. Há quem diga que com o tempo nos vamos sentindo mais preparadas, até agora não confirmo.

Fizemos a ecografia do 3º trimestre esta semana. Vou fazer mais ecografias que o costume por causa dos diabetes a ver se não estou a gerar um bezerro de 5 quilos. Até agora não há sinais de alarme, está com 1,5 kg, o que dizem ser normal (já eu atingi o meu peso máximo estipulado na minha cabeça, e ainda faltam dois meses, se calhar deixo de me pesar), e como a ecografia foi a 3D, o Hospital de Cascais está muito bem equipado, vi também a cara deste puto. Chateiam-me muito aquelas mães que dizem que os filhos são lindos e perfeitos quando se vê um alienna ecografia, mas parece que sou uma delas. Não chorei baba e ranho a ver a cara dele, mas vejo a foto cerca de 10 vezes por hora desde terça-feira, por isso acho que tenho um problema. 

Para vos dar a parte menos cor de rosa da coisa, agora que já sabem que tenho o filho mais lindo de todos, a minha vida este terceiro trimestre com diabetes gestacionais tem muito hospital, muitos exames e muitos médicos. Para terem uma noção esta semana fui lá duas vezes e para a semana esperam-me outras duas e está previsto ser assim nos próximos tempos. Consultas de ginecologia, consultas de diabetes, ecografias, consultas de nutrição e podemos juntar as consultas no centro de saúde. Com muita sorte, tenho apanhado excelentes profissionais, muito simpáticos e prestáveis por isso vamos torcer para que seja sempre assim. 

Relativamente aos diabetes e para vos explicar um bocadinho melhor, tem tudo a ver com hormonas e é algo muito subjetivo. Ando a medir os níveis há 1 mês e as únicas duas vezes que chegaram ao limite superior foi por ter comido duas torradas ao pequeno almoço em vez de uma, já comi sobremesas e fiquei com eles quase no limite inferior baixos. Por isso não há quem entenda o meu metabolismo. Também não tem nada a ver com o peso que ganho, desde o início da gravidez que ganhei cerca de 8 kg, e devem estar todos concentrados em mamas e barriga porque de resto continua tudo igual, por isso é mesmo hormonal.

Para a semana prometo continuar a lista de coisas essenciais e outras essencialmente maricas para a chegada de um bebé, ou por outras palavras os riscos que correm em ir à falência muito rápido se não se controlarem. 

 

Resumo semanal:

Tempo: 30 semanas

Sintomas: Pontapés, azia e gases (já estava com saudades).  

Medicamentos: ácido fólico e iodo. 

 

 


Bárbara+Alves.png

Madalena acabou de descobrir que está grávida. Madalena quer fazer um guia da sua gravidez com o mínimo de Bullshit possível. Temos quase a certeza que vai ser hilariante e de um realismo extremo.

Não percam o próximo episódio, porque nós também não.