Diário de uma espécie de Mãe #13

 
 Photo by  Dakota Corbin  on  Unsplash

Photo by Dakota Corbin on Unsplash

 

Resumo das últimas 6 semanas

Nem acredito que assim do nada se passaram seis semanas e aqui o rebento já está das 25 semanas. Estivemos de férias e na realidade neste segundo trimestre também não se passa assim muita coisa, pelo que decidi não vos aborrecer e fazer agora um apanhado geral do que se passou.

Estado físico aqui da progenitora

Engordei três quilos num mês, nada de muito grave se estivesse só de férias (é o costume) mas visto que tenho um objectivo de não ficar uma baleia até dezembro foi um bocadinho mais que o habitual. No entanto, cheira-me que foi tudo para as barrigas e mamas porque de resto até estou bastante aceitável. Utilizaram muito uma palavra comigo estas férias que acho que nunca tinha sido aplicada a mim a minha vida inteira – genica. “Estás uma grávida cheia de genica”! E até estive e estou até para aí as sete da tarde quando me começa a pesar tudo e fico cheia de dores nas costas. Fora isso, tudo ok! Outros sintomas que tenho tido, dormência durante a noite. É normal, dizem que tem a ver com a pressão da barriga sobre os nervos e que nos dá dormência, a mim dá-me nas mãos e pernas. Esta semana fui também fazer o tão temido teste de despiste dos diabetes, ia preparada para o pior – “o liquido é horroroso”, “ficas muito mal disposta”, “vais ter imensa vontade de vomitar” – felizmente só tive sono e acho que não foi culpa do teste, correu muito bem, não me custou nada e agora é esperar que os resultados sejam bons, ou vá, não muito maus visto que eu não tenho fechado muito a boca a doces. 

Estado do rebento

Às 22 semanas fomos fazer a ecografia morfológica (onde se vê ao detalhe todos os membros e órgãos do bebé) e felizmente está tudo bem. A primeira reacção da médica foi “ É grande!”, o que não me deixou propriamente entusiasmada visto que sei por onde ele vai sair, mas é saudável e é um RAPAZ! Vou ter um pilas, e fiquei mesmo feliz! Sempre quis ter rapazes, embora agora estivesse um bocado indiferente, mas não posso dizer que não fiquei mesmo contente por ser um puto. Dá imensos pontapés, com força, para o pai também já conseguir senti-lo. 

Estado do quarto e enxoval do puto

Epah! Isto não é nada fácil. Demasiadas coisas, demasiada informação, cheira-me que a maioria das coisas que nos impingem não são necessárias e que os preços estão todos inflacionados. Escolher um simples carrinho é uma dor de cabeça e requer uma pesquisa maior do que se comprássemos um carro para nós. Já estamos a comprar algumas coisas, e vou deixar isto para todo um post com o que escolhemos e porquê, mas o lema para estas decisões foi “Caga se é bonito, ou se está na moda, vamos só ser práticos, comprar o essencial e depois logo se vê”. Depois logo vos digo se este lema funciona. 

Se o tempo antes passava devagar, agora sinto que me escapa sem eu dar conta e a ansiedade de faltar muito pouco para ter um bebé aqui fora aumenta todos os dias. Desculpem lá a informação condensada, vou tentar voltar à rotina e escrever com mais calma e tempo e sobre coisas mais concretas que vos possam ser uteis, ou se calhar talvez não. 

Resumo semanal:

Tempo: 25 semanas

Sintomas: muito chichi e dormência nas mãos e pernas. 

Medicamentos: ácido fólico e iodo. 

 


Bárbara+Alves.png

Madalena acabou de descobrir que está grávida. Madalena quer fazer um guia da sua gravidez com o mínimo de Bullshit possível. Temos quase a certeza que vai ser hilariante e de um realismo extremo.

Não percam o próximo episódio, porque nós também não.