#WomenInTech: Maria Almeida

O Peachy, em parceria com a Portuguese Women in Tech, vai apresentar-vos algumas figuras ligadas ao ramo da tecnologia, com o objectivo de sensibilizar o público em geral para a forma como estas mulheres estão a mudar o panorama nacional através da sua participação na criação de start-ups, novos modelos de negócio, empresas de relevo internacional e com a sua actividade, abrindo caminho no estrangeiro para todas nós. Para ler o artigo original, em inglês, clique aqui.


MC_uniplaces034-large.jpg

Maria Almeida

Perfil

  • Tempo na área: 5 anos
  • Posição actual: Almighty Duchess of Content @ Beta-i
  • Local de Origem: Porto

  • DE ONDE VENS E O COMO CHEGASTE AQUI?

Eu sou originalmente do Porto, mas acabei por ir estudar e viver em Lisboa. Fui sempre uma daquelas pessoas que não conseguiram escolher o que mais gostava, de startups a política, do futebol à cultura, era tudo fascinante para mim.

  • COMO É QUE CHEGASTE À ÁREA PORTUGUESA DA TECNOLOGIA?

Eu era uma licenciada em comunicação que era mal paga e me sentia miseravelmente infeliz no meu trabalho. Eu queria ser jornalista e acabei por ir trabalhar para uma agência de comunicação ... Mas, então, Miguel Amaro da Uniplaces, que é grande amigo do Porto, disse-me que estava a criar a sua própria empresa e ele precisava de alguma ajuda, e eu imediatamente disse que sim.

  • FALA-ME DO TEU TRABALHO E O QUE FAZES NESTE MOMENTO. 

Das 9h às 19h, sou a Duchess of Content (Duquesa do Conteúdo) na Beta-i, uma organização europeia de topo que apoia startups e inovação através de programas de aceleração como o Lisbon Challenge, e eventos como o Lisbon Investment Summit. Na Beta-i, basicamente escrevo. Eu escrevo newsletters e campanhas e-mail marketing, artigos e entrevistas para o nosso blog, os nossos materiais de marketing, etc.

A partir das 7 horas, sou produtora e co-apresentadora de um podcast chamado É apenas Fumaça, que aborda questões altamente relevantes da nossa sociedade e as aprofunda em formato de entrevista.

  • QUAL A PARTE DO TRABALHO QUE FAZES QUE MAIS GOSTAS?

De contar histórias.

  • COMO CONSIDERAS QUE O TEU BACKGROUND E CONHECIMENTO INFLUENCIARAM A ABORDAGEM QUE TENS COM O TEU TRABALHO NA INDÚSTRIA DA TECNOLOGIA PORTUGUESA?

Eu sempre gostei de escrever e acho a universidade me ajudou muito a estruturar as coisas na minha cabeça.

  • QUE CONSELHO DARIAS A JOVENS MULHERES QUE QUEREM ENTRAR PARA O SECTOR DA TECNOLOGIA E NÃO SABEM POR ONDE COMEÇAR?

Comecem por falar com as pessoas. Muitas vezes, começamos com desculpas aleatórias para não fazer o que queremos, então o meu conselho é evitar as desculpas e começar a fazer o que temos a fazer. Participem em eventos de startups e falem com outros empreendedores e pessoas que desejem conhecer.

  • GUIA-ME NUM DIA TEU COMO MULHER PORTUGUESA NO MUNDO DA TECNOLOGIA.

Eu acordo às 7 da manhã pelo meu cão gigante hiperactivo. Levo-o a passear até o parque durante uma hora e depois vou até o escritório. Assim que chego lá, geralmente leio as novidades e artigos interessantes que recebo no meu email e depois começo a trabalhar. Costumo fazer as minhas escritas pela manhã, porque é quando eu estou mais criativa, e depois pela tarde lido com todas as coisas mais práticas (configurar campanhas, publicar posts, rever artigos, distribuir conteúdo, agendar conteúdo, etc.).

Depois das 7h, volto para casa, passeio o cão novamente e depois trabalho no podcast. Eu preparo as entrevistas, cuido dos artigos a publicar, preparo os boletins informativos e agendo as entrevistas seguintes.

  • QUAL FOI O MELHOR CONSELHO QUE ALGUMA VEZ RECEBESTE?

Ricardo Marvão, um dos co-fundadores da Beta-i, disse-me uma vez que se eu quiser fazer algo, eu só preciso fazê-lo (versão original: 'se queres fazer, faz'). É tão simples ... mas, para mim, isto faz todo o sentido. Costumamos pensar que algo ou alguém nos vai deter, mas raramente pensamos no contrário. Nós só precisamos de o fazer, tentar, e se isso não funcionar, podemos tentar outra coisa.

  • QUE APPS/SOFTWARE/FERRAMENTAS É QUE JÁ NÃO CONSEGUIAS VIVER SEM?

Slack, Nublado, Twitter, Facebook, Hubspot, Zomato, Grammarly