#QualquerCoisa: Dieta da Comida de Gato

 
 
 

Olá a todas! Hoje venho falar-vos da minha nova dieta. Como sabem, as que me conhecem, desde a adolescência que luto contra os 3 kg que nunca consigo perder. Felizmente, durante este outono descobri a solução para estes kilos teimosos que tendem a aparecer nas ancas e não nas mamas: a dieta da comida de gato!

Luto há anos contra os 3 kg que não consigo perder… 😢

Há dias estava a passar mais uma tarde a fingir que trabalhava quando e na verdade estava a ver dick pics no tinder, quando a minha grande paixão da escola primária fez match comigo!

Marcámos um encontro e acabámos a noite no sofá de casa dele. Depois das festividades habituais (petiscos, muitos copos e sexo oral), comecei a sentir a barriga meia revolta. Fui à casa de banho mas era evidente que não dava para aguentar até casa, #PoopBreak. Foi aí que reparei que ele tinha a areia do gato do companheiro de casa dele na casa de banho e decidi usa-la! Assim sempre podia culpar o gato e sair com a minha reputação intacta de casa. Estava eu com o rabo dentro da transportadora, quando pensei “os gatos fazem coco muito pequenino e são leves... se calhar comida de gato seria óptima para a minha dieta”.

Depois das festividades habituais (postiço, muitos copos e sexo oral 😙🍆), comecei a sentir a barriga meia revolta. Fui à casa de banho mas era evidente que não dava para aguentar até casa. 💩💩💩💩💩💩💩💩

Decidi testar a minha teoria. No dia seguinte fui ao supermercado e a minha vida mudou! Além de ser barato - já vos explico porquê - os kilos desaparecem assim *estalar de dedos*.

Humanizem a comida de gato, mudando-a para uma tacinha bonita e usando uma colher dourada da Zara Home para degustar lentamente a vossa refeição!

Humanizem a comida de gato, mudando-a para uma tacinha bonita e usando uma colher dourada da Zara Home para degustar lentamente a vossa refeição!

Para quem está a pensar fazer o mesmo, escolham Whiskas e não Sheba, apesar das latas de Sheba com o dourado e preto serem bem mais elegantes. Se tiverem fome entre refeições, petisquem um bocado de Whiskas Saquetas - são como aquelas unidoses de frutos secos ou cereais, mas na verdade são feitas de comida de gato e os anúncios da televisão são lindos! 🤩🤩🤩

Os primeiros dias custaram um bocado porque não estamos habituadas ao sabor nem ao cheiro da comida, mas ao fim de alguns dias nem precisam de comer uma colherada daquilo a que apenas posso chamar de “patê”, porque vomitam logo ao abrir a lata.

Yummy! ou lá como se escreve em português!

Yummy! ou lá como se escreve em português!

Isto não é um distúrbio alimentar, é tipo “bulimia por proxy” (procurem, de certeza que o urban dictionary tem uma definição para isto). O vosso corpo não expulsa comida, apenas expulsa bílis assim que abrem a lata - 3 dias chega para treinarem o corpo. Quem disse que aprender os básicos de anatomia no sexto ano não foi útil? É mesmo bílis!!!! O melhor de tudo é que é mesmo económico: uma lata dá-vos para várias refeições porque depois dos primeiros dias já nem conseguem tocar no “patê”.

Para evitar a corrosão dos dentes, saímos um bocado da secção dos gatinhos e vamos para o outro lado do corredor, para a secção dos cãezinhos, e recomendo a compra de Dentasticks da Pedigree para evitar aquelas cáries que só aparecem a quem vomita a sério.

E aqui está, a minha dica: dieta de comida de gato... resulta!  


Obrigada por todas as meninas que nos enviaram páginas dos seus diários cobertas, ou como muitas delas preferem dizer, repletas de erros ortográficos e outros. O mundo é feito de vocês!

É difícil fazer uma revista com custos mínimos, mesmo quando não temos de a imprimir, como o Peachy e como quase ninguém quer ler e nós não publicamos fotos nossas em restaurantes onde não comemos, a usar o último grito da moda do instagram, acho que é altura de agradecer a quem leu e dizer adeus.

Como o Squarespace não faz reembolsos, estamos abertas a publicar tudo o que quiserem enviar, sem correcção até ao fim da nossa subscrição (Fevereiro)! Basta enviar para diana@peachy.pt!