As Descobertas da Semana #22

Já é sexta outra vez! Isto começa a passar demasiado rápido, será por ser verão?

Caros ouvintes e leitores, vamos no 22º texto desta rubrica (nem acredito que me aguentei até aqui), e estou a ficar um bocadinho entediada. Não me levem a mal, gosto muito de vos escrever, mas preciso que me desafiem. Assim esta vai ser a última lista que depende só de mim. Queria exigir um bocadinho de vocês (entre os dois seguidores que tenho, olha, amanhem-se). Queria pedir-vos que nos enviassem ou aqui para o Peachy, ou mesmo em comentários no Facebook, um tema para me inspirarem. Pode ser um estilo musical, uma época temporal, uma estação do ano, uma ocasião, uma palavra, um sentimento, qualquer coisa…. Qualquer coisa que me leve à procura de algo que se adapte ao vosso tema e que em vez de disparar para aqui em todas as direções ficam com uma seleção de musica um bocadinho mais consistente a uma temática todas as semanas, parece-vos bem? Vou ficar à espera!

Assim sendo, e visto que é a ultima semana de desvario vou largar aqui mais uma mistura de estilos e coisas que fui ouvindo e descobrindo durante a semana que passou.

 

Esta semana estive a ouvir uma entrevista ao Joaquim Paulo (tem um ótimo programa na Antena 3 chamado Matéria Prima, oiçam!), um grande colecionador, apreciador e conhecedor de vinis e musica no geral e ele disse que este era um dos melhores álbuns na sua opinião. Para minha tristeza, eu nem a banda conhecia, muito menos o álbum. Tive que ir logo tratar do assunto. Steely Dan são uma banda americana que nos anos 70 decidiu juntar, jazz, rock, funk, R&B e pop. Misturada? É! Boa? Muito! Aja é mesmo considerado um dos melhores álbuns de sempre, eu não conhecia e se calhar até sou a única, mas se há por aí alguém que nunca ouviu… fica aqui a dica, que vale bem a pena.

Steely Dan – Aja

 
 

 

Passando para o continente africano, do Mali vêm os Songhoy Blues, uma banda de rock que está a dar que falar. Já estiveram este ano em Portugal, no magnifico cartaz do Primavera Sound, e este é o seu segundo álbum, que conta com a participação de nomes como Iggy Pop. Soa a noites quentes e suadas, de dança com pouca roupa… tudo isto contrasta muito com as adversidades que os elementos da banda viveram no Mali enquanto artistas. Mas é da adversidade que muitas vezes vem a genialidade, e esta é bem capaz de ir para minha lista de álbuns preferidos do ano.

Songhoy Blues - Résistence

 
 

 

Isto já não é novidade nenhuma mas gosto tanto da nova musica da Da Chick, que não posso deixar de coloca-la aqui. 

Da Chick – Call me foxy

 
 

 

Estão a ver aquelas marching bands de New Orleans? Estes rapazes são a resposta britânica a isso. Hackney Colliery Band é constituída por nove membros, aos quais ainda se juntam toda a bateria e eletrónica das musicas. Já tiveram colaborações com Amy Winehouse e Jamie Cullum, e este é o seu ultimo álbum, o primeiro ao vivo. O vídeo que vos mostro aqui, não pertence ao álbum, mas vale imenso a pena ver também. 

Hackney Colliery Band - Live

 
 

 

Acho que em tantas semanas de descobertas ainda não tinha posto ninguém italiano. Adriano Viterbini é guitarrista e este é o seu segundo álbum a solo. Agradeço a descoberta ao meu chavalo que tem sempre coisas novas e boas para me mostrar. No entanto gostei ainda mais da banda em que Adriano começou e por isso coloco aqui ambos os álbuns para que possam decidir o que mais gostam. Afinal Itália tem mais musica que Eros Ramazzotti,  Laura Pausini (fui muito feliz a ouvir isto em criança) e o macaco da Eurovisão… eheheh brincadeirinha. 

Adriano Viterbini – Film |O| Sound

 
 

Bud Spencer Blues Explosion - Bud Spencer Blues Explosion

 
 

Fico a espera dos vossos desafios para as descobertas da próxima semana!