10 séries que vos vão colar ao sofá

 

Para quem está à procura de séries para ver (ou rever), aviso já que abriram o artigo certo! Algumas delas já vi todas e gostava de poder voltar a ver e a recuperar aquela excitação de não saber o que vem a seguir! #shame

Quero salientar que gosto de vários tipos de série por isso nesta lista vão encontrar de tudo: das séries mais girly até séries como policiais, suspense, baseadas em factos históricos... Confesso: não foi fácil escolher só 10, mas como a vida é feita de escolhas, eis as que passaram o meu crivo pessoal ordenadas sem qualquer tipo de ordem de preferência.

 

Las Chicas del Cable

 
 

Se ainda não conhecem esta série, não sabem o que andam a perder! É sem dúvida uma série que me surpreendeu bastante. Foi-me recomendada por uma amiga e comecei a vê-la sem grandes pretensões mas fiquei rendida! Aborda assuntos super atuais e interessantes, alguns assuntos tabu e consegue ligar os momentos mais cómicos com outros mais sérios de uma forma deliciosa. Até já tenho um casal favorito e já escolhi a minha ‘equipa’! Se veem a série, digam-me por quem estão a torcer neste momento!

Esta série é um original Netflix e conta com apenas uma temporada lançada, para já.

 

13 Reasons Why

 
 

Já fiz um artigo no meu blogue sobre esta série, podem lê-lo aqui. Como disse nesse artigo, adorei a série pela focalização que deu às suas várias personagens, e de certa forma por ir de forma tão direta ao tema do suicídio. Esta é uma série pesada e não é para todos e, se lerem algumas das críticas, poderão observar que é uma série bastante polémica quer pela adaptação que foi feita à obra original, quer pelo modo como o assunto foi tratado, mas como o suicídio não é algo que seja abordado todos os dias, esta é uma série que pais, filhos, avós, malta mais nova e mais velha deveriam ver! 

A minha personagem preferida é SEM DÚVIDA o Clay (Dylan Minnette), mas a mãe da Hannah (Kate Walsh, a Dr. Addison de "Anatomia de Grey" e "Clínica Privada") é uma grande personagem também!

Esta série também é mais uma série original Netflix e, para já, só tem uma temporada! Mas a segunda temporada já está a caminho! O que será que vem aí? Quero tanto saber...

 

Modern Family

 
 

Quem consegue resistir a esta série!? Impossível resistir às palhaçadas de Mitchell (Jesse Tyler Ferguson) e de Cameron (Eric Stonestreet), à pronúncia da Gloria (Sofía Vergara) e às lições do Phill (Ty Burrell). Esta série é deliciosa! Conta já com 8 temporadas e alia o documentário à comédia de uma forma incrível. É possível acompanhar individualmente as histórias de vida dos vários membros da família bem como as intrigas de grupo. Aborda diversos temas como a  homossexualidade, a adoção ou o divórcio duma forma leve, descontraída e engraçada!

Adequada para todas as idades, uma série para ver e rever em família.

 

Orange is the New Black

 
 

Nunca pensei vir a gostar, mas esta é uma série que me cativou quase no momento! Os criadores conseguiram combinar a comédia e o drama com conta e medida. Uma série que tinha tudo para contar apenas a história duma mulher rica e de boas famílias, Piper Chapman (Taylor Schilling), que tem de cumprir um tempo de prisão por posse de droga e acaba por explorar também a vida de cada uma das suas companheiras de prisão.

Cada uma das personagens tem uma história de vida bem marcada e faz o que for preciso para sobreviver na prisão.  É impressionante ir percebendo a relação que elas vão criando e a forma como cada uma lida com os seus dramas! Os grupos que se criam consoante os seus interesses, as tarefas que desempenham, a forma como os próprias guardas se deixam comprar, ajudam a criar uma teia que torna esta série super viciante!

Tem 5 temporadas, a última das quais estreou no dia 9 de junho. Acho apenas que, à medida que a série vai avançado, certas coisas parecem mais irreais e mundanas. Sinto que vai perdendo alguma seriedade! Vocês sentem o mesmo?

 

How to get away with murder

 
 

Esta série é imperdível! Adorei a prestação da Viola Davis, que desempenha o papel de Annalise Keating, uma professora de direito na Universidade de Middleton e advogada de defesa criminal. Todos os anos Annalise escolhe cinco estudantes para trabalhar com ela e com os seus associados.

Enquanto os alunos ajudam a resolver alguns casos dos clientes de Annalise e aprendem a gerir os seus próprios problemas, eles começam a ver a sua vida virada do avesso quando se veem envolvidos num homicídio. A série capta com uma extraordinária precisão o que o ser humano é capaz de fazer para salvar a sua própria pele e como as relações humanas ditam também os nossos comportamentos.

Conta com 3 temporadas, a quarta já se avizinha e vai ter 15 episódios!

 

Prison Break

 
 

É preciso dizer mais alguma coisa quanto a esta série? É uma das minhas favoritas de sempre!

Como certamente sabem, a história gira em torno da vida do Lincoln Burrows (Dominic Purcell), que foi sentenciado à morte por supostamente ter morto o irmão da vice-presidente dos EUA, e do seu irmão, Michael (Wentworth Miller), um génio (não há outra expressão), que cria todo um plano super elaborado para conseguir tirar o irmão da prisão antes que este seja executado!

A dedicação é tanta que Michael chega a tatuar o mapa das instalações da prisão no próprio corpo para conseguir salvar o irmão. E como é que Michael vai parar à prisão e ajudar o irmão? Assalto a um banco pareceu-lhe a forma mais fácil de o fazer!

Quando se vê em Fox River, começa a criar alianças necessárias para a sua sobrevivência dentro da prisão, enquanto põe em marcha o plano de salvamento do irmão. Por vezes eu não contava com alguns percalços pelo caminho, mas faz parte do charme da série... Pelo menos da primeira temporada.

Se ainda não viram, vejam e revejam! Eu cá já revi mais do que uma vez!

 

Revenge

 
 

Mais uma série que comecei a ver por indicação de uma amiga e que gostei bastante. Foi uma daquelas séries em que devorei aqueles episódios todos de seguida! Infelizmente deparei-me com alguns spoilers, mas isso não afetou o meu interesse!

Baseia-se na vida de Amanda Clarke que, quando era criança, viu o pai ser preso sob falsas acusações de terrorismo, acabando por ser julgado e condenado à prisão onde acabou por morrer.

Após alguns anos, Amanda, já adulta e sob o nome falso de Emily Thorne (Emily VanCamp), volta aos Hamptons para se vingar das pessoas que destruíram sua família e “mataram” o seu pai. O seu principal alvo é Victoria Grayson (Madeleine Stowe), matriarca da família Grayson, que amou e traiu o seu pai e de quem ela se quer vingar a todo o custo.

A série retrata bem a dualidade que existe na cabeça de Amanda, por ficar dividida entre vingar o seu pai e magoar inocentes!

Recomendo a série que acaba por não ser demasiado básica e que tem bastante conteúdo!

 

Pretty Little Liars

 
 

Não consigo acreditar que chegou ao fim uma das poucas séries que devorei, da qual fiquei à espera meses!

Long story short, a série baseia-se na história de cinco amigas, que vivem em Rosewood, uma cidade supostamente pequena e calma mas que é assolada por uma tragédia: o desaparecimento de Alison DiLaurentis (Sasha Pieterse)! Todos começam a acreditar que a Ally foi vítima de homicídio. A partir desse acontecimento, a amizade do restante grupo deteriora-se até que alguém desconhecido, que se autointitula de A, começa a ameaçar contar os seus segredos mais obscuros. Esta ameaça acaba por as unir novamente e a série gira à volta desta personagem misteriosA!

A série estreou em 2010 e acabou no dia 27 de junho (SNIF), tendo um total de 7 temporadas!

A minha personagem preferida é sem dúvida a Hannah (Ashley Benson)! Mais alguém sente o mesmo? Eu adoro-a!

 

Friends e How I met your mother

(Cometi uma infração ao colocar estas duas séries mas, como em mim, despertaram os mesmos sentimentos, acho que posso falar das duas no global! Há por aí mais alguém que ache que HIMYM é a Friends, versão remake?)

Foram ambas séries SUPER faladas no seu tempo! Revelam os problemas e alegrias inerentes a cada grupo de amigos e ambas acompanham o crescimento de cada indivíduo. É possível ver perfeitamente o crescimento, tanto das personagens, como dos autores, ao longo das duas séries.

 
 

HIMYM pelos seus acontecimentos finais dividiu corações. Confesso que fui uma das pessoas que viu o seu coração partido com este final. Depois de tanto tempo à espera do desfecho, achei que este seria diferente! Independentemente de como me sinto sobre o final, é uma série que fica no meu coração e memória como uma das que mais me prendeu ao ecrã. Adorei este artigo, sobre as 19 coisas que aprendemos com How I met your mother!

 
 

Friends, por outro lado, sempre me pareceu uma série mais madura, mais natural. Não sei bem explicar... Talvez se deva ao facto de a ter visto quando era bem mais nova.

A série também se foca num  grupo de amigos que vivem em Nova Iorque, no bairro de Greenwich Village, e centra-se no historial de cada um dos personagens e na forma como as suas vidas se interligam. Lágrimas e sorrisos: é o que esta série desperta!

Conta com 10 temporadas e é uma série por a qual tenho um carinho enorme mesmo! Se ainda não viram, vejam! É impressionante como continua TÃO atual!

 

Suits

 
 

Vamos tirar um momento para pensar se alguém consegue resistir ao charme do Harvey (Gabriel Macht)?

Não?

Continuemos então!

Esta série é uma daquelas que NUNCA NA VIDA pensei vir a gostar! Não me parecia ser o meu "tipo". A série centra-se em duas personagens principais, Mike Ross (Patrick J. Adams) e Harvey Specter (Gabriel Macht)! Mike é um aluno super talentoso que é expulso da escola e acaba por ir trabalhar como um advogado estagiário para Harvey, que não faz a mais pálida ideia que ele nunca frequentou a faculdade de Direito. É uma série espetacular para perceber um bocadinho o meio legal nos EUA e é perfeita para quem gosta de séries com tribunais e afins!

...E assim chegamos ao fim de mais um artigo! Espero que tenham gostado e, antes que chegue mesmo ao final, não se esqueçam de me contar quantos de vocês vêm estas séries e quais são as vossas preferidas?