#NoRadar: Rust And May

 
 
IMG_3011B.jpg
 

A Rust And May nasceu em janeiro de 2016 para ser a marca mais cool do país. Dividida em duas grandes categorias - decoração de interiores e streetwear, é fruto da grande paixão de Joana Dias por estas duas áreas e da sua enorme vontade em apresentá-las ao mundo. E se a Rust é totalmente dedicada a homenagear Bali e o trabalho dos seus artesãos, a May, responsável pelas t-shirts mais engraçadas que encontrará em muitos feeds de Instagram, é totalmente made in Portugal e já deu várias provas que veio para ficar. 

A May é, como a sua fundadora indica, uma marca de vestuário "mais citadina e urbana, focada num público jovem, moderno, com paixão por Moda e atento às tendências". Mas é também uma marca para quem aprecia produtos com uma relação preço-qualidade justa e a qualidade dos produtos feitos em Portugal. Para Joana, o que a distingue de outras marcas no mercado é justamente o facto de "apostar em peças fáceis, de uso diário, com um pequeno twist a um preço acessível".

As t-shirts com frases e desenhos emblemáticos assumem um natural destaque, não só dentro da própria marca como a nível global. Joana não esconde esse destaque, e explica que a criação destas peças é feita após uma pesquisa e uma análise do mercado: "divirto-me imenso em criar novas frases ou desenhos. Obviamente, não são escolhidas aleatoriamente, há uma pesquisa criteriosa sobre o tipo de letra, o sentido da frase ou o desenho a ser bordado. Observo, vários blogs, instagrammers para chegar a uma conclusão. Por exemplo, neste momento, há uma grande incidência nas palavras/frases escritas em francês." E é essa incidência que Joana soube aproveitar tão bem que torna as suas peças tão apetecíveis. 

Há também uma categoria especial dedicada a mães e filhos (MOM/KID), com vários conjuntos de t-shirts para mães e filhos, e que tem vindo a fazer bastante sucesso. A conhecida blogger Maia Guedes (Stylista) é fã da marca e já aderiu a esta tendência de utilizar matching tees com os seus filhos. 

Atualmente, pode adquirir produtos desta marca através da sua loja online, mas está nos planos de Joana alargar a hipótese de compra a algumas lojas física - esse é, alias, um dos objetivos para o futuro da marca. "Estar presente em lojas físicas, em vários pontos do país e continuar a apresentar produto de qualidade, inovador e com etiqueta Made in Portugal" são os objetivos para um futuro que se adivinha promissor.  Um outro aspeto a destacar, ainda em termos de futuro, é o rebranding na estrutura da marca: "o percurso natural da marca está a encaminhar-se mais para a May do que para a Rust. Inevitavelmente, em breve, será apenas uma marca de vestuário e não de decoração, mantendo o nome Rust and May".