#NoRadar: Josefinas

 
 
 

A vontade de criar umas sabrinas que permitissem, em simultâneo, relembrar a infância no ballet e adaptar-se à vida cosmopolita levaram Filipa Júlio a criar a Josefinas, em 2013. À Filipa juntaram-se Maria Cunha e Sofia Oliveira, e assim nasceu um conceito baseado no Women Empowerment, na exclusividade, no conforto, na qualidade do calçado feito em Portugal e, mais do que tudo, na quebra do estigma de que uma mulher só pode ser sexy quando está de saltos altos.

As sabrinas mais famosas do mundo, cujo nome surgiu em jeito de homenagem à avó de Filipa, carregam no seu ADN o nome de Portugal e um forte orgulho no nosso país. Ainda assim, e porque uma coisa não determina a outra, foram sempre pensadas numa perspetiva global, para que mulheres um pouco por todo o mundo pudessem usufruir das sabrinas: “quando criamos a Josefinas, nós criamos uma marca para o mundo”, explica Sofia Oliveira, co-fundadora e responsável de comunicação. O preço mais elevado do que o comum deve-se à produção artesanal, feita em Portugal, ao conforto, e à necessidade de criar alguma exclusividade em cada modelo, para que não haja muitas mulheres com calçado igual.

Com uma loja física em Nova Iorque desde o ano passado, quando questionada acerca da escolha da localização a resposta de Sofia surge espontaneamente: “porquê não? Porque não escolher Nova Iorque, se é a capital do mundo da moda, se é a capital do mercado de luxo?" De momento, confessa que não há projeção de abrir mais nenhuma loja física, mas promete que continuarão a apostar cada vez mais na loja online, que é a sua principal morada, já que a digitalização é uma das bases do seu conceito. Quanto a surpresas futuras, sem adiantar muito, Sofia explica-nos que irão apostar cada vez mais em sapatos rasos, mas sem nunca descorar o meu modelo icónico e a sua imagem de marca, que são as sabrinas.  

 
 

 

Curiosidades

  • A primeira coleção das Josefinas foi a Coleção Nº 1, que ainda se encontra disponível para venda no site da marca; 

  • Bloggers como Chiara Ferragni ou Leandra Medine são fãs da marca, assim como a modelo portuguesa Sara Sampaio e muitas outras celebridades;

  • O primeiro modelo de Josefinas que Sofia teve foram as Lisboa Vermelho, que foram também os primeiros sapatos vermelhos que teve. Ainda hoje são um dos seus modelos preferidos!

 

Um grande obrigada a toda a equipa Josefinas, em especial à Sofia Oliveira pela disponibilidade e pela cedência das fotografias.