Descobertas da Semana #15

 

Boa tarde caríssimos ouvintes e votos de um bom fim de semana (hoje decidi optar por este tom mais Rádio Renascença)! 

Mais uma semana que passou a correr ou então fui só eu que corri a semana toda (não literalmente atenção, que não sou dada a isso), também choveu muito e por isso a vibe desta semana no que toca às descobertas é um bocadinho diferente.

 

Theo Lawrence & The Hearts – Sticky Icky

 
 

Dos arredores de Paris vem Theo Lawrence & The Hearts, não consigo encontrar aqui nada que me lembre França, o que neste caso é bom. Uma mistura de Soul e R&B que na minha opinião está a puxar mais para o Country e Rock & Roll.  É som leve mais profundo, e embora já tenham lançado dois singles este ano, fica aqui o ultimo álbum de 2016. 

 

Moses Sumney – Lamentations

 
 

Moses Sumney é de LA. Escreve desde pequeno, mas apenas começou a mostrar a sua música ao mundo depois dos 20. Eu sei que isto é bocadinho deprimente, mas lá está eu avisei-vos. Este é daqueles álbuns para ficar enroscado no sofá a ouvir a chuva desta semana. 

 

The Shins – Heartworms

 
 

Ok ok, vamos animar um bocadinho. Tomem lá indie de Oregon para lembrar dias mais quentes e alturas em que éramos adolescentes (é sempre assim que me sinto quando oiço isto).  The Shins com o seu álbum já deste ano, Heartworms.

 

The Shacks – The Shacks EP

 
 

Vindos de Queens, NY, os The Shacks intitulam-se uma banda de rock, mas não contem muito com isso, pelo menos no sentido mais óbvio. Vozes sussurradas para mim tem tanto de sexy como de assustador e confortante, é uma misturada de sentimentos que, em ultima análise me fazem sentir bem. Oiçam que é muito bom.   

 

  Lineker –  Verão

 
 

Vou fechar isto hoje com uma nota mais excêntrica e animada. Esta semana está a decorrer em Goiania, Brasil, o festival Bananada, que para além de ter o melhor nome de sempre, é uma mostra do melhor que se anda a fazer na música brasileira. Se acompanham aqui esta humilde rúbrica sabem que é um mundo de possibilidades e que tenho que estar sempre atenta ao que se passa no nosso país irmão (ler com sotaque do nordeste). Lineker foi o primeiro que se atravessou no meu caminho esta semana e inicialmente só me fez lembrar Rita Lee.

Aviso: isto não é para todos, muito menos se forem assim mais para o conservadorzitos. Se se inserirem nesta categoria, não vejam o videoclipe que está aí por trás da capa do álbum. Vão ouvir primeiro e aproveitem o calorzinho tropical que sai deste Gota por Gota do álbum Verão.