Descobertas da Semana #9

 

Boa sexta-feira a todos! Esta semana foi um misto de descobrir muita coisa nova e antiga, e essencialmente muita coisa que não gostei, por isso a contribuição desta semana foi assim um bocado espremida do muito que andei a ouvir, e alguns não foram propriamente descobertas desta semana, mas já vêm de há umas semanas atrás.  De qualquer forma, espero que gostem, e que estas descobertas vos animem no fim-de-semana de chuva que se avizinha.  

 

A primeira banda é portuguesa e não é nova, muito menos o álbum escolhido que é de 2008, mas é nova para mim, que ainda não conhecia. Gostei deste álbum, embora tenha de confessar que ainda não ouvi nada mais recente.  É uma escolha que ainda me suscita algumas dúvidas, mas o álbum ajuda uma vez que é o melhor que fizeram em 8 anos.

Balla – Resumo 2000-2008

 
 

James Vincent Mcmorrow é a prova de que a Irlanda exporta muito mais que whisky. Dono de uma voz encantadora, embala-nos devagarinho e, não sei se é do tempo, aqueceu-me a alma esta semana.

James Vincent Mcmorrow -  We move

 
 

O mundo da musica brasileira não tem fim e por isso nunca desaponta. Quem diria que nos confins do interior brasileiro ia surgir uma banda de rock psicadélico deste calibre?! Das minhas preferidas desta semana, embora já ande para vir para aqui há algum tempo. 

Boogarins – Manual

 
Boogarins – Manual
 

Do rock psicadélico brasileiro para o punk português. Os The Sunflowers dizem que a sua música é rápida, intensa e com sabor a melancia e eu não podia concordar mais com a dupla portuense. Cada vez que os oiço lembro-me do verão.

The Sunflowers - The intergalactic guide to find the red cowboy

 
 

A última descoberta, e a par com os Boogarins das minhas preferidas, Her,  é uma banda francesa, mas ninguém diria pelo inglês perfeito das canções e são, como o nome indica, “all about the women”. Todos os álbuns são bons e fiquei verdadeiramente fã. 

Her – Live tape #1