O que altera num casal a chegada de um bébe? quase tudo!

Quem inventou aquela tanga de engravidar para agarrar o homem ou era maluca ou estava com os copos… esqueçam, não funciona. Pelo menos nos tempos modernos. A chegada de um filho ao seio familiar trás muitas mudanças. Se o casal estava com problemas, provavelmente vai continuar a tê-los e se calhar até se irão agravar. Acho que o casal precisa estar unido e na mesma sintonia de onda para acolher o novo membro da família. E vamos lá a factos, toda a gente conhece alguém que se divorciou depois da chegada de um filho!

A falta de organização de tempo, a divisão das tarefas domésticas, noites sem dormir, o cansaço de uma das partes quando a outra na colabora, são “detalhes” que fazem toda a diferença na sobrevivência do casal.

Maridos têm de ter muita paciência com as hormonas femininas que estão em alta e esposas tenham paciência também. O segredo, pelo menos o meu (nosso), é colocarmo-nos um no lugar do outro. Pensar antes de ralhar falar e quando isso não acontece e nos sai as maiores baboseiras pela boca saber dar o braço a torcer e pedir desculpa. Mas isto aplica-se a todos os casais, mesmo os que não têm filhos.

Havendo amor tudo se supera! Acredito que sim, mas às vezes só amor não é suficiente. Paciência e compreensão também são essenciais, entre outras coisa claro. Mas isso fica para outro post.